Durante a prisão do proprietário do imóvel, dois atiradores surpreenderam os policiais iniciando uma troca de tiros.

Um suspeito morreu e o outro fugiu pela mata.

Desmanche ilegal foi encontrado e desmontado em Jacupiranga, no Vale do Ribeira. Divulgação/Polícia Rodoviária Federal A Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Polícia Civil descobriram, em ação conjunta, um desmanche clandestino de veículos em Jacupiranga, na região do Vale do Ribeira, no interior de São Paulo.

Durante uma troca de tiros com os policiais, um suspeito fugiu e outro foi morto.

Já o proprietário do imóvel foi preso. De acordo com a PRF, por volta das 14h30 desta sexta-feira (3), uma denúncia anônima relatou que um caminhão roubado no dia anterior, quinta-feira (2), estaria sendo desmanchado em uma propriedade rural na altura do km 113 da Rodovia Régis Bittencourt.

Os policiais imediatamente foram até o endereço indicado, onde constataram que se tratava de um desmanche ilegal.

O caminhão roubado estava no local, já com placas falsas e parcialmente desmontado.

Além do caminhão, centenas de peças de outros veículos e um veículo do proprietário do imóvel foram apreendidos.

A equipe da Polícia Civil prendeu o dono do imóvel, de 48 anos.

Durante a condução do preso, segundo a PRF, dois homens apareceram e atiraram na direção da equipe.

Os policiais revidaram e, durante a troca de tiros, um dos homens conseguiu fugir pela mata.

Já um outro, ainda não identificado, morreu no local. No imóvel foram encontrados pneus, rodas, motores, motores de arranque, baterias, ferramentas e centenas de outras peças.

Foram encontradas, também, caixas prontas para serem despachadas a outros receptadores.

Todos os itens foram apreendidos.

O proprietário do desmanche ilegal foi autuado por receptação e permanece preso. O dono do imóvel utilizado como desmanche no Vale do Ribeira foi preso por receptação. Divulgação/Polícia Rodoviária Federal