No 13 de julho, data na qual é celebrada mundialmente o rock, o quarteto de heavy metal Sepultura lançou uma edição limitada e exclusiva, para o mercado brasileiro, do seu próprio café, o Sepultura Coffee Hunter. O produto foi planejado por Gustavo e Felipe Giglio da Coffee Hunter, em parceria com a própria banda.

O trabalho da Coffee Hunter consiste na busca e pesquisa de cafés, considerados da mais alta qualidade e de características singulares: “Essa caça envolve pesquisa em campo e contato direto com os produtores e outros profissionais da área para compreender como o café foi plantado, colhido, processado e torrado. Fatores que influenciam diretamente o resultado final da bebida na xícara”, afirma a empresa.

O Sepultura Coffee Hunter, o “Sepulcoffee”: lançamento da banda de heavy metal brasileira O Sepultura Coffee Hunter, o “Sepulcoffee”: lançamento da banda de heavy metal brasileira

O Sepultura Coffee Hunter, o “Sepulcoffee”: lançamento da banda de heavy metal brasileira (Gian Misiti/Felipe Giglio/Divulgação)

Sepultura Coffee Hunter foi produzido na Fazenda Santa Eudóxia, na cidade de Ouro Fino, em Minas Gerais. O grande diferencial do produto, segundo os próprios produtores consiste no perfil da torra do café média escura: “Que traz a presença de óleos essenciais e retro doçura persistente, mas suave. Um café forte com personalidade marcante”.

Para o baixista da banda, Paulo Xisto, o local onde foi produzido o café do Sepultura, também influencia no sabor: “Minas Gerais segue no topo como maior estado produtor de café do Brasil, e isso nos proporcionou à essa experiência”, afirma o músico da banda formada justamente na cidade de Belo Horizonte, capital do estado mineiro.

O novo Sepultura Coffee Hunter está à venda nas redes sociais da Coffee Hunter. O pacote de 200g custa R$ 40,00, mais o valor do frete do envio. Além do café, está a venda um poster especial feito em risografia, uma espécie de procedimento gráfico de origem industrial que tem atraído artistas e amantes das artes gráficas, e também uma palheta musical, feita exclusivamente para o projeto. A compra do combo com todos os ítens, saí por R$ 80,00.

Café especial do Sepultura: o pôster e a palheta especiais para o projeto Café especial do Sepultura: o pôster e a palheta especiais para o projeto

Café especial do Sepultura: o pôster e a palheta especiais para o projeto (Gian Misiti/Felipe Giglio/Divulgação)

Essa não é a primeira vez que o Sepultura tem a sua marca atrelada a uma bebida. Em 2010, na ocasião que banda celebrava os 25 anos de carreira, o grupo lançou, em parceria com a Fábrica do Chopp, em São Paulo, a cerveja Sepultura Weissbier. Em 2015, nas comemorações dos 30 anos de trajetória, foi lançada a Sepultura Ale, em parceria com a cervejaria Bamberg. E agora chegou a vez dos amantes do café, e fãs do trabalho do Sepultura, aproveitarem a nova bebida da banda: “O Sepultura é uma banda que busca inovar e associar a nossa marca à produtos de qualidade”, fez questão de relembrar Paulo Xisto.

Sepulquarta na Quarentena

Mesmo diante da quarentena, o Sepultura tem se mostrado mais produtivo do que nunca. Desde que a OMS decretou a pandemia mundial da Covid-19, em março deste ano, com maioria dos países adotando políticas de isolamento social, que a banda tem realizado em seu canal oficial no YouTube, todas as quarta-feiras, a Sepulquarta, uma live que consiste em entrevistas e apresentações musicais, sempre contando com um convidado especial. Já foram entrevistados pelos integrantes do Sepultura, João Gordo, líder do Ratos de Porão, o baterista norte-americano Mike Portnoy (ex-Dream Theater, Sons of Apollo e The Winery Dogs), o baixista Billy Gould (Faith No More) e o cantor e compositor Zé Ramalho.

Na parte musical, a banda tem tocado suas canções, no formato isolamento social, com cada integrante gravando de sua própria casa, e nestes pocket shows virtuais, já participaram: Scott Ian (guitarrista do Anthrax) tocando Cut-Throat, Phil Rind (baixista do Sacred Reich) contribuindo em Inner Self, a cantora Emmily Barreto, da banda potiguar Far From Alaska, relembrando a sua participação na música, Fear, Pain, Chaos, Suffering, presente no mais recente álbum da banda, Quadra. Além da dupla Shavo Odadjian (System Of a Down) e Tony Bellotto (Titãs) que participaram em Biotech is Godzilla/Polícia.

Deixe seu Comentário