Mudar a cor dos fios as vezes pode ter alguns empecilhos. Os cabelos loiros, por exemplo, costumam ganhar luzes amareladas com o tempo, assim como os vermelhos tendem a ter reflexos alaranjados. Essas nuances indesejadas podem dificultar a cobertura perfeita da nova coloração.


A matização serve para retirar os reflexos indesejados ou "consertar" uma cor. Um bom exemplo é quando uma mulher vai ficar loira no salão. Depois da descoloração, é normal que os fios fiquem amarelados, alaranjados e com manchas por causa do fundo de clareamento. Para alcançar o tom correto, o cabeleireiro precisa matizar os fios com uma cor que neutralize a tonalidade que já está nas madeixas.
O procedimento deve ser feito somente no comprimento e nas pontas das madeixas. Caso você aplique na raiz por engano, observe a mudança de cor durante o enluvamento dos fios, pois a região sem química tende a clarear mais rápido. A repetição dessa técnica pode ser realizada a cada 20 dias, mas é importante fazer um teste de mecha para ter certeza de que seus cabelos aguentarão a nova pigmentação.
A matização também serve para repaginar uma coloração antiga. Aposte na matização para renovar rapidamente luzes antigas. Com o passar do tempo, é comum que os fios ruivos fiquem com aspecto alaranjado ou os loiros, amarelados. Depois de matizadas, elas serão neutralizadas com o tom original da sua tonalidade e ganharão um visual muito mais vibrante. Por isso, também é importante ter o cuidado de acertar a nuance.
Para mulheres que estão com os cabelos loiros com um tom desbotado, esse processo é bem necessário! 




Dourados News

Deixe seu Comentário