Salvamento de Aloe - Foto: Reprodução/Facebook(Proyecto 4 Patas)


Uma equipe de resgate da ONG Proyecto 4 Patas conduziu uma operação que durou 9 horas para salvar um cão coberto de piche em Merlo, cidade na Grande Buenos Aires (Argentina). Não se sabe se o cão caiu em um reservatório de piche ou se a substância, usava para asfaltamento, foi jogada sobre ele deliberadamente.

O cão, batizado de Aloe pelos socorristas, recebeu os primeiros cuidados ainda no local. Ele foi transportado de caminhonete até a sede da ONG, onde passou por minucioso processo de retirada da substância resinosa e bastante pegajosa.

A entidade foi chamada após moradores da vizinhança serem alertados pelos insistentes latidos de outros cães, que pareciam querem chamar atenção para os apuros vividos por Aloe.

"Aloe estava preso no chão e petrificado. Cem por cento do seu corpo estava endurecido. Boca, olhos, ouvidos, tudo, Ficamos chocados, nunca havíamos estado diante de um animal nessas condições", disse a ONG no Facebook.

Aloe deve ser posto para adoção.

Confira abaixo fotos da operação de salvamento:

Deixe seu Comentário