O vídeo ainda introduz uma nova vilã, vivida por Elizabeth Hurley (“The Royals”), e destaca o crossover com os protagonistas de outra série de heróis adolescentes da Marvel, “Manto e Adaga” (Cloak and Dagger), também recentemente cancelada.

O crossover tinha sido anunciado em agosto passado e, pelo que o trailer demonstra, a participação de Manto (Aubrey Joseph) e Adaga (Olivia Holt) estará relacionada à escuridão que emana dos poderes de Nico (Lyrica Okano).

Já a personagem de Liz Hurley é Morgana le Fay, vilã dos quadrinhos criada em 1955 pelo mestre Stan Lee, quando a Marvel ainda se chamava Atlas, e que entrou no mundo dos super-heróis como inimiga da Mulher-Aranha em 1978. Vagamente baseada na personagem homônima da lenda do Rei Arthur, Morgana é considerada a maior feiticeira da Marvel e já se mostrou capaz de enfrentar todos os Vingadores sozinha. Será a segunda vez que Elizabeth Hurley trabalhará com os showrunners de “Fugitivos”, Josh Schwartz e Stephanie Savage – a parceria foi inaugurada em “Gossip Girl”.

O cancelamento de “Fugitivos” encerra completamente a programação atual da Marvel Television. Os fracassos consecutivos do estúdio televisivo destoam tanto do sucesso da Marvel no cinema que sua estrutura foi absorvida pela Marvel Studios, comandada por Kevin Feige, o executivo responsável pelos blockbusters cinematográficos. A mudança, com a devida promoção de Feige a Chefe de Conteúdo Criativo da Marvel foi anunciada em outubro.

Por conta disso, Jeph Loeb, diretor da Marvel Television, deve sair da empresa. Sua administração fechou o negócio pioneiro com a Netflix que rendeu um mini-universo Marvel em streaming, mas também o fiasco de “Inumanos”, cuja baixa qualidade depôs contra a marca. Com o cancelamento das séries da Netflix, em retaliação ao projeto da plataforma da Disney, além do fim de “Manto e Adaga” e as temporadas finais de “Agents of SHIELD” e “Fugitivos”, a única série live-action da produtora atualmente ativa é o projeto de “Helstrom”, sobre o “Filho de Satã”, em desenvolvimento para a Hulu. Como o programa está em fase inicial, deve passar sem atritos para os novos responsáveis pela divisão televisiva da Marvel, que começarão seu trabalho sem nenhuma herança de Loeb.

A última temporada de “Fugitivos” terá 10 episódios e estreia em 13 de dezembro nos Estados Unidos.

A série é exibida no Brasil pelo canal pago Sony.





Msn Noticias

Deixe seu Comentário