Com várias denúncias, caçador foi preso neste sábado (10) com 87 quilos de carne e linguiça de cateto, animal silvestre também conhecido como porco-do-mato. O flagrante foi realizado pela PMA (Polícia Militar Ambiental) após receber informações de que o homem estaria na BR-163, região de Juti – 310 km de Campo Grande, com produto de caça.

De acordo com a PMA, o homem é morador de Pompéia (SP) e arrenda propriedade em Caarapó, local em que já foram realizadas várias denúncias sobre caça de animais silvestres.  Em partes do produto foram encontradas marcas de tiros de arma de fogo e, q uestionado sobre a origem da carne, o caçador afirmou que havia ganhado de um amigo.

Durante as verificações realizadas anteriormente na propriedade não foram encontrados animais produtos de caça.

O caçador foi multado em R$ 43 mil, encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Juti e irá responder por crime ambiental de transporte de produto ilegal da fauna. O crime poderá envolver pena de seis meses a um ano e meio de detenção.


Por: MS NEWS